Blog Laser Fast

Principais cuidados antes da depilação a laser

A depilação a laser é um método de remoção dos pelos do corpo muito procurado. A sua eficácia, segurança e resultado é o que atrai tantas pessoas cada vez mais.

Gradativamente e definitivamente, esse tipo de depilação vai promovendo a eliminação dos fios através da energia do laser que atinge a área.

Tudo isso significa que o procedimento não tem erro e já é um dos queridinhos do público, porém, como toda prática de estética, você precisa tomar alguns cuidados antes das sessões.

É isso que vai garantir o sucesso completo e, consequentemente, a sua satisfação. Ao longo desse post você fica sabendo de tudo sobre o assunto, além de dicas de ouro sobre os cuidados com a depilação a laser. Acompanhe a leitura!

Mas, afinal, o que é depilação a laser?

Como mencionado, a depilação a laser é um requisitado método de remoção de pelos. Então, ele pode ser aplicado em diversas regiões do nosso corpo e, para isso, conta com variados tipos de laser.

Entre os lasers do mercado, a Laser Fast utiliza a tecnologia mais avançada de todas, isto é, o laser de Diodo, capaz de tratar diferentes cores de pele e tons de pelo, dando ao paciente a liberdade de escolher a intensidade do tratamento que for melhor (e se adeque a sua pele) – considerando-se o tom de pele, a  densidade dos seus pelos, o ciclo de crescimento deles e a área a ser tratada.

Já sabemos que ele é eficaz e que exibe boas opções de tipos de laser, mas, afinal, o que é essa tal de depilação a laser?

Bom, a melhor forma de entender é explicando o seu funcionamento. O laser emite uma energia que é atraída pela pigmentação do folículo piloso (o bulbo do fio). 

Conhecemos essa pigmentação como melanina e quando a energia do laser a encontra, ela leva inicialmente ao enfraquecimento e, posteriormente, à destruição do pelo.

A curiosidade sobre esse tipo de depilação é extremamente comum. Afinal, ela atua de forma muito diferente das lâminas de barbear e da cera quente que, em geral, deixam a nossa pele mais sensível, muito irritada e às vezes até machucada. Além de tudo isso, a depilação a laser é uma excelente alternativa para pelos encravados.

Para conhecer melhor o método, veja no tópico a seguir algumas verdades sobre a depilação a laser!

Mitos sobre a depilação a laser

Antes de se preocupar com os cuidados antes de depilar, muitas pessoas ainda se preocupam com o procedimento em si. Isso porque ainda há muitas dúvidas e mitos sobre o assunto.

Pensando nisso, listamos os mitos mais comuns e a verdade sobre eles. Confira!

“É proibido fazer depilação a laser durante o verão”

Essa é uma mentira cabeluda! A verdade é que essa depilação pode ser feita em qualquer época e estação do ano, tranquilamente.

A depilação é livre portanto que você não esqueça da aplicação do protetor solar diariamente e dos cuidados gerais relacionados à exposição ao sol.

“Homens não precisam/podem utilizar a depilação a laser”

Essa afirmação é uma mistura de mentira com preconceito. Há muito tempo os homens ocupam seu espaço em tratamentos estéticos onde apenas mulheres dominavam.

Para muitas pessoas os pelos são indesejados, especialmente para áreas de difícil acesso ou que demandam cuidado como as costas e região íntima, por exemplo. E isso não depende do gênero.

“Depilação a laser dói mais que a depilação a cera”

Isso é um mito. Na verdade, custa acreditar que haja uma forma de remoção de pelo mais dolorosa que a cera.

O que pode acontecer é que as pessoas que fazem depilação a cera criaram uma boa tolerância à dor. Sendo assim, a questão do desconforto depende de cada cliente e varia por fatores como tolerância, sensibilidade, área escolhida para depilação e nível de estresse.

Na depilação a laser, no máximo, você pode sentir uma leve ardência que se assemelha a pequenas picadas na região. Se você acha que é mais sensível à dor, pode fazer uso de pomadas anestésicas.

Cuidados antes da depilação a laser para a pele negra

O primeiro cuidado é não dar ouvidos a quem diz que pessoas com pele negra não podem fazer a depilação a laser.

Como já explicamos, no procedimento é a melanina que atrai a energia do laser e as pessoas com pele negra, de média a altamente retinta, têm mais concentração de melanina – o que daria margem para manchas na pele.

Isso só acontecerá se você não se atentar à nossa segunda dica de cuidado: 

Escolha bem o equipamento para o seu procedimento. Existem alguns equipamentos que possibilitam a depilação a laser em casos como esses e você deve se certificar que fará em uma clínica com profissionais e insumos especializados. Isso vai assegurar a eficiência e a proteção ideal para você.

O conhecimento também é uma forma de cuidado. Procure informações com especialistas. É possível que você precise de um número maior de sessões e/ou o uso de aparelhos com intensidade menor. Apenas depois de uma avaliação você terá respostas mais seguras.

Busque por clínicas que utilizem tecnologia de ponto. Aqui na Laser Fast utilizamos laser de Diodo, que é totalmente seguro.

Ele tem comprimento de onda de 800 nm e 810 nm para penetrar de forma mais profunda no folículo do pelo. Seu feixe de luz puro, concentrado e intenso atende todos os tons de pele sem o risco de manchas ou queimaduras.

Principais cuidados antes de fazer depilação a laser

Finalmente chegamos a nossa listinha com cuidados que vão deixar a sua pele preparada para o tratamento de depilação a laser. Então fique atenta e não perca nenhum detalhe!

Cuidados com cosméticos

Para muitas pessoas é difícil sair de casa sem uma maquiagem, um creme, um perfume e afins. Mas procure focar no resultado do procedimento. Para melhores efeitos a área da aplicação do laser deve estar sempre bem limpa.

Makes carregadas e produtos concentrados como corretivo e base atrapalham a resposta da depilação a laser, então evite esses produtos antes das sessões. O mesmo vale para desodorantes. A não utilização do desodorante é apenas uma recomendação, mas lembre-se da importância de ir na sessão de depilação com a pele limpa.

Cuidados sobre esfoliação da pele

A depilação a laser jamais vai atrapalhar a sua rotina de skincare, mas ambas as atividades estéticas devem respeitar limites de tempo e aplicação. Sendo assim, se programe para não esfoliar a pele no mesmo dia da depilação. Cerca de três a cinco dias antes é o ideal. 

Inclusive é muito benéfico realizar a esfoliação leve ou moderada (respeitando o tempo indicado) para limpar os poros da área a ser depilada a fim de estimular a produção de colágeno e eliminar resíduos, células mortas e pelos encravados.

Cuidados com a exposição solar

O cuidado em relação à exposição solar é bem simples: evite a exposição. 

O nosso corpo produz mais melanina como forma de proteção contra os raios UV e, uma vez que os feixes de luz do laser procuram essa pigmentação no corpo, existe o risco de criar manchas e queimaduras por conta da alta quantidade de melanina.

E se você precisa de mais motivos, saiba que a pele fica mais sensível com a exposição solar, então a leve ardência que mencionamos sobre a ação do laser, pode acabar se transformando em dor.

Em resumo, corte o uso de loções bronzeadoras por um tempo e invista em protetores solar!

Cuidados com outras formas de depilação

Para fazer a depilação a laser você também precisa cuidar dos pelos. A exemplo disso, a cera quente é algo que perturba os folículos pilosos e por conseguinte, atrapalha o procedimento a laser. 

Por isso, suspenda as depilações por tração como cera e pinça. Essas formas de remoção retiram o pelo da raiz. Sem o pelo o laser não consegue alcançar o bulbo se tornando inútil.

O ideal é que você evite essas formas de depilação por pelo menos um mês e aposte na depilação com lâmina ou creme depilatório de 12 horas a 3 dias antes da sessão. O tempo varia de acordo com o seu ciclo de crescimento do pelo.

Cuidados para quem faz uso de ácidos

O uso de ácidos nas áreas que serão tratadas nas sessões de depilação é sempre perigoso. Acontece que o ácido afina, bem como modifica a coloração da pele, o que torna a região mais suscetível à dores e irritações.

Para que a combinação do uso do ácido e a depilação não seja um problema, converse com o dermatologista responsável pela prescrição do ácido para avaliar as possibilidades de forma que a sua segurança seja uma prioridade.

Geralmente é aconselhado a suspensão do ácido 3 meses antes de iniciar as sessões de depilação. 

E aí, qual desses cuidados de depilação a laser chamou mais sua atenção? A Laser Fast está oferecendo de graça 3 sessões. Então é só conferir a oportunidade no voucher aqui embaixo: