Depilação A Laser Perna: 5 Razões Por Que Testar Pela Primeira Vez

Escrito por: Michelle Martins

depilação a laser perna
Avalie esse artigo

A depilação a laser na perna entrega o benefício de ficar sem pelos definitivamente, te livra de alergias, foliculites e ainda é a melhor opção para quem tem medo de testar, mas está ansiosa pelo resultado da pele lisinha,  já que nas pernas a sensação de dor é praticamente inexistente.

A depilação a laser ainda causa um receio natural: Será que dói? Mas por que é caro? Dá resultado mesmo?

São muitas dúvidas que impedem muitas mulheres ou homens de procurar saber mais sobre o tratamento.

Mas, se serve de incentivo: a depilação a laser pode ser indolor e a perna é eleita pela maioria como a região mais confortável para testar pela primeira vez e com resultado incrível!

Vem vê os 5 motivos para você depilar as pernas com laser!

Mas, antes, entenda como ela funciona.

Como Funciona a Depilação a Laser na Perna

Até para as pessoas que possuem a cor dos pelos mais clara, quando a área do corpo é a perna, os pelos costumam ser mais escuros.

Seja por fatores biológicos ou pelo uso constante de lâminas, o fato é que a depilação a laser na perna é excelente para pelos grossos e escuros.

Isso por que o equipamento de depilação funciona pela atração direta da melanina.

Você sabia que a melanina, além de definir a tonalidade da nossa pele também é responsável pela pigmentação dos nossos pelos e cabelos?

O laser dispara sua energia quando em contato com a melanina dos pelos.

E cada tipo de laser tem sua concentração e profundidade de onda específica.

Por isso existem relatos de que a depilação a laser para alguns doeu muito e para outros foi super tranquila.

O que você mais ouve?

Então, apesar de todo equipamento funcionar pela atração de melanina tem aqueles não recomendados para fototipos mais escuros e tem os mais doloridos.

Maaaas, os mais modernos já proporcionam uma experiência totalmente diferente da fama de procedimento dolorido que a depilação a laser ganhou nos últimos anos.

Então, pra dizer realmente como funciona, você vai ter que ouvir um pouco dos tipos de laser mais comercializados.

Anota aí.

Fotodepilação e Depilação a Laser: Um Alerta!

Antes de mais nada, vamos começar te alertando:

Fotodepilação (luz pulsada) não é laser e não se deve confundir com “depilação definitiva”.

Esse alerta é válido principalmente para quem está se informando sobre depilação definitiva.

E para quem pensa em ficar sem pelos nas pernas e acaba investindo em fotodepilação.

A fotodepilação parece atrativa pelo valor, mas não é definitiva.

E muito cuidado porque tem restrição para negras e bronzeadas devido ao risco de queimaduras.

Extra: Se quiser saber mais sobre peles negras e depilação a laser: Depilação A Laser Pele Negra: Tudo Que Você Precisa Saber Antes de Fazer

Com o tratamento de luz pulsada o feixe de luz é disparado de forma mais espalhada e atinge os pelos mais superficialmente.

Por isso não é capaz de eliminá-los de vez, mas sim de enfraquecê-los.

Podem voltar a crescer em até 6 meses.

Recado dado, agora sim depilação a laser.

Depilação com Laser Alexandrite

Esse possui ondas de 755 nanômetros e seu foco é a atração direta da melanina.

Consegue chegar até a camada média da derme.

O detalhe importante desse tipo de laser é que as chances de queimadura são maiores, principalmente se você estiver com a pele bronzeada.

Limitado para peles claras e não é possível garantir que a depilação com laser alexandrite seja definitiva

Já que manutenções podem ser necessárias após um ano aproximadamente.

Depilação com Laser Soprano

Esse possui ondas de 810 nanômetros, é um pouco dolorido e são necessárias mais sessões para chegar a um resultado satisfatório.

O feixe de luz é disparado várias vezes em uma área maior e com menos energia.

Todos os tipos de pele podem receber este tratamento.

Mas exige mais sessões para atingir todas as fases de crescimento dos pelos, especialmente no peito.

Algumas vezes as células que fazem o pelo nascer não são atingidas e a manutenção é sempre necessária.


Depilação com Laser de Diodo

Mais avançado e seguro que o Alexandrite.

Penetra profundamente no folículo do pelo e pode ser usado também em peles morenas e negras.

O Laser de Diodo é a tecnologia mais recente e inovadora para a depilação a laser no mundo.

O feixe disparado é de luz pura, concentrada e intensa.

Esse tipo de laser consegue atingir as camadas do folículo piloso.

Além de atender de forma segura e eficaz um espectro maior de tons de pele sem risco de queimadura ou manchas.

Já sabe qual você deve escolher para fazer depilação a laser nas pernas, na virilha, axilas ou onde você quiser 😉

depilação a laser perna

Agora, só conferir as 5 razões por que a perna é sempre a melhor recomendação para começar a remoção definitiva dos pelos!


#1 Não raspar os pelos antes da sessão

Para iniciar o tratamento com o laser você vai precisar deixar o pelo crescer um pouco.

Mas, é pouco mesmo.

Diferente da cera que é necessário que os pelos cresçam mais para ter aderência na hora de puxar.

Com a depilação a laser na perna é preciso raspar com lâmina alguns dias antes.

Dá pra ficar usando uma calça sem se preocupar com pelos, não dá?

Difícil seria para quem tem o hábito de raspar as axilas.

Ponto positivo para as pernas. ✔

Depois, é só esperar o resultado já bastante surpreendente da primeira sessão.

Fica a dica pra você: [Tutorial] Como Se Preparar Para A Depilação A Laser Nas Axilas

#2 Resultado Já na Primeira Sessão de Depilação a Laser Na Perna

O que mais surpreende qualquer pessoa que resolve ficar sem os pelos de forma definitiva é que a primeira sessão é o que traz o maior impacto no visual.

A quantidade de pelos que param de crescer é geralmente mais surpreendente na primeira sessão.

Isso por que o equipamento age na fase de crescimento do pelo.

Ao disparar  o laser, ele é capaz de atingir a raiz do folículo piloso  “matando” as células que produzem pelos.

E como a perna costuma ter muito contraste entre a tonalidade da pele e do pelo, a primeira sessão costuma ser super eficiente!

#3 Na Perna Não Dói

Neste ponto devemos ser sinceros, tudo vai depender da sensibilidade à dor de cada pessoa.

Mas, de uma coisa é certeza: o tipo de laser vai influenciar demais!

A pele da região das pernas não é tão sensível como a virilha, por exemplo.

Tanto é que sempre vai doer mais depilar com cera as axilas do que as pernas, concorda?

Só por isso se você combinar o laser de diodo e depilação nas pernas, tenho certeza que a experiência vai ser praticamente indolor.

Falamos mais sobre esse laser moderno aqui neste artigo.

#4 Pós depilação a laser fácil de cuidar

Os cuidados após cada sessão de depilação a laser vão contribuir para que as manchas não apareçam e que o resultado seja realmente definitivo.

Neste quesito não importa qual tonalidade da sua pele, os cuidados são os mesmos e precisam ser levados a sério.

O principais cuidados podem ser facilmente aplicados na região das pernas:

  • Evite ao máximo roupas muito apertadas e de tecidos sintéticos que dificultam a respiração da pele;
  • Usar nas pernas hidratantes com princípios calmantes alivia muito a ardência, se ela aparecer;
  • Use protetor solar nas áreas em que o laser foi utilizado em caso de exposição ao sol;
  • Use apenas lâmina para aqueles pelos que ainda crescem e que, ao longo do tratamento, precisam ser reconhecidos pelo o laser.

#5 Perna lisinha e sem alergias

A pele fica com poucos pelos espalhados e outros que demoram crescer.

Quanto à irritação tudo vai depender do tipo de pele.

Há pessoas que não ficam com nenhum tipo de agressão e outras que ficam com um pouquinho de vermelhidão que desaparece ao longo dos dias.

Mas o fato é que após 5 sessões com laser de diodo você já reduz 90% dos pelos e fica com a pele lisinha e sem foliculite nas pernas.

Para testar você pode pegar aqui embaixo seu voucher com 3 sessões grátis, mas corre que pode acabar a qualquer momento:

depilação a laser perna


Avalie esse artigo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo