Depilação íntima feminina: cera, lâmina ou laser?

Escrito por: Michelle Martins

depilacao intima feminina

Avalie o artigo

Vários tipos de depilação íntima feminina influenciam na saúde, na proteção, na higiene, no conforto, na autoestima… e a lista parece que não acaba!  É isso que você mais escuta? Tudo bem, nós fizemos um manual completo para você decidir se escolhe cera, lâmina ou laser.

Esse manual é muito especial.  

Ele foi feito com amor e leveza para falar de uma das áreas que a maioria das mulheres tem de mais íntimo no corpo: os pelos da região íntima.

Está pensando em depilar a região íntima de um jeito mais eficaz e sem stress?

Trouxemos  todos os mitos, verdades, características, dúvidas, tipos e soluções para você tomar a decisão certa.

Tá completão! Vamos começar?

ganhe 3 sessões grátis

Depilação íntima total: Preferência das mulheres e homens

Em 2017 foi publicada na Revista Brasileira de Ginecologia uma pesquisa que mostrou que  mais de 60% dos homens e mulheres que participaram do levantamento preferiram a região íntima feminina totalmente sem pelos.

Tanto é que tem assunto até para depilação definitiva masculina!

Pra começar, devemos dizer que a depilação perfeita pra você é sempre aquela que você vai se sentir mais confortável…

Queremos dizer que a escolha é sua sobre deixar os pelos, aparar os pelos, depilar só a virilha, depilar de um jeito X ou Y ou definitivamente acabar com os pelos.

Mas, o fato é que no Brasil o hábito de depilar é muito comum.

E o que manda é sempre o gosto do cliente!  Então, te pergunto, você se identifica com as mulheres que:

  • Depilam com lâmina e provocam alergia ou
  • Depilam com cera e sentem dor ou
  • Depilam com cera e sofre com a foliculite ( pelos encravados)

Conta pra gente nos comentários se você se identificou com algum?

Já fica a dica de leitura: Depilação A Laser Na Virilha Completa: Expectativas X Realidade

Está procurando tirar dúvidas de qual método é mais adequado pra você?

Então vem ver cada detalhe que selecionamos aqui no nosso manual.

Espero que goste!

Os mitos e verdades da depilação íntima feminina

Muito se ouve sobre ser ou não saudável fazer a remoção quase que total dos pelos na região íntima.

Isso se dá, entre outros fatores, pelo fato do Brasil ser uma dos países campeões de mulheres que depilam nessa área tão íntima.

Deu tanto o que falar que já foi até copiado mundialmente!

Brazilian Wax é exatamente um tipo de depilação reconhecida internacionalmente.

Como uma característica brasileira de depilar totalmente os pelos lá, sabe?

Vamos ver se tudo que ouvimos é verdade? Tudo mesmo.

Depilar a região íntima X Higiene

Rola uma associação entre ficar sem pelos e ser mais higiênico.

Mas se quer mesmo saber a verdade, segundo a FEBRASGO (Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia) a higiene está vinculada à limpeza e cuidados adequados.

A presença de pelos não tem qualquer relação com a ausência de higiene.

Então, uma mulher que não tem o hábito de se depilar, mas mantém a limpeza correta com sabonetes íntimos, apresenta muito mais higiene.

do que aquela que mesmo depilando não mantém hábitos saudáveis para a saúde da região íntima.

É mito.

Depilar a região íntima X Proteção

Se depilando a mulher perde proteção? Sim.

Os pelos é uma camada de proteção para a região.

A retirada dos pelos, principalmente com cera, deixa os poros mais abertos.

Assim, as chances de entrar em contato com bactérias e provocar infecções são maiores.

Os médicos profissionais da área recomendam que a depilação seja sempre realizada com profissionais formados e clínicas reconhecidas pela ANVISA.

Outra dica para não provocar infecções ou irritações em uma das regiões mais úmidas e sensíveis do corpo da mulher é:

  • Não usar roupas muito apertadas com tecidos muito grossos ou sintéticas que abafam a região;
  • Realizar a limpeza adequada antes e depois do procedimento;
  • Exigir materiais sempre descartáveis;
  • Logo após a depilação com cera é fundamental que a roupa seja leve para evitar a foliculite por causa do atrito com o tecido.

É verdade.

Dica: Você pode tratar o pelo encravado fácil! Só conferir aqui: Como Não Ter mais Pelo Encravado na Virilha? A Laserfast Ensina!

Depilar a região íntima X Mau Cheiro

Polêmica!

O Brasil é um país tropical, predominantemente ensolarado e se tem uma reação natural do nosso corpo para esse clima é SUAR.

Segundo a Sociente Brasileira de Dermatologia (SBD) a base dos pelos da região íntima feminina possui glândulas que produzem suor.

São elas as responsáveis por lubrificar a área para garantir mais resfriamento.

Muito calor e o acúmulo dessas glândulas quando somados à falta de higiene adequada, sim, podem provocar odores.

Depilar os pelos pode facilitar a limpeza da região e evitar esses odores.

Mas a presença de pelos por si só não tem qualquer relação com o mau cheiro.

Inclusive, vai uma alerta: Odores podem ser um sinal de infecções. Procure sempre orientação médica.

É mito. Só limpar certinho.

Depilar a região íntima X Prazer Sexual

Vamos falar de estatística? Vamos.

Na mesma pesquisa que mencionamos lá em cima, um dos objetivos era saber qual a relação entre o sexo e a depilação íntima feminina.

E os números foram realmente surpreendentes entre os pesquisados.

Das quase 70 mil mulheres que participaram da pesquisa, a frequência sexual está positivamente relacionada com a frequência pela remoção dos pelos pubianos.

E assim como a satisfação com a aparência de sua própria genitália.

O que os especialistas dizem?

Eles dizem que não há relação fisiológica com o aumento do prazer sexual com a remoção de pelos.

O que acontece é exatamente o que a pesquisa demonstra:

As mulheres ficam mais à vontade com a área íntima depilada e consequentemente melhoram excitação.

É mito e também é uma questão de preferência.

Concordam com a pesquisa?

Depilar a região íntima X Manchas Na Pele

Mas e se depilar com lâmina escurecer a virilha e com cera manchar, o que fazer?

Se te incomoda, então vamos ver se isso é mesmo verdade.

A receita é conhecer seu tipo de pele.

Nem todas mancham e nem todas ficam irritadas.

O que devemos dizer é que sim, passar a lâmina frequentemente na pele pode escurecê-la.

E se a depilação com cera causar qualquer irritação, as chances de deixar manchas na pele também aumentam.

Explicar sobre manchas merece um belo artigo: A fama de que a depilação a laser clareia axilas é verdadeira?

Se você costuma ter pelos encravados, por exemplo, muito provavelmente ficaram manchas da cicatrização.

Procure sempre um dermatologista.

Ou uma clínica especializada em depilação para ter orientação sobre qual procedimento é ideal para seu tipo de pele.

A depilação a laser seria a solução perfeita para os casos de foliculites( pelos encravados).

É verdade, porém depende. Entendeu?

Tipos de depilação íntima feminina

Pra começar, se você quer ter o hábito de ficar livre de pelos e ainda não decidiu qual o melhor método pra você, vamos passar por cada um deles.

E te mostrar os pontos positivos e negativos para a depilação feminina pubiana.

Vamos dar destaque para os procedimento mais comuns como lâmina, cera, cremes depilatórios e laser.

Cremes para depilar a região íntima da mulher

Atenção redobrada quando o assunto é creme diretamente em contato com a pele da região íntima feminina.

Geralmente, esses cremes contém ácidos que enfraquecem o pelo.

Mas podem irritar se entrar em contato direto com a região mais interna.

Sem contar que os riscos de irritação, alergias e até queimaduras são grandes.

A recomendação é sempre realizar o teste de sensibilidade antes.

Além disso, requer um processo de aplicação mais cuidadoso e um preparo adequado da área para receber o creme.

Já sabe, se estiver com pressa melhor adiar a depilação.

Quer saber por que demora? Olha um passo a passo:

Passo a passo para usar creme depilatório


1º Comece limpando a região com água e sabão, assim todo suor, oleosidade e células mortas são eliminadas e a aderência do creme é melhor;

2º Sempre apare os pelos com uma tesoura para que fiquem curtos. Quando estão compridos são mais difíceis de serem removidos.

3º Pode aplicar o creme na região desejada na quantidade suficiente para cobrir a raiz.

Evitando o contato com áreas muito sensíveis, como os pequenos lábios ou a mucosa vaginal;

4º É hora de esperar.  

O tempo de ação vai variar de acordo com cada fabricante, o produto pode levar de 5 minutos até 15 minutos;

5º Enxaguar bem, removendo todo o produto;

6º Sempre usar um hidratante para evitar que a pele fique inflamada ou irritada após o contato com o produto.

Parece nada, mas se o objetivo é depilar logo pra por o biquíni, por exemplo, melhor partir para o plano B sem stress.

Ah! Dura no máximo 5 dias.

Depilação íntima feminina com lâmina

Um resultado comum tanto para homens quanto mulheres é que o pelo ao ser raspado com lâmina a parte mais grossa do pelo fica mais exposta, a pele cada vez mais irritada e coçando.

E para as mulheres, a situação fica mais complexa.

Quando é preciso usar calças jeans, roupas apertadas ou quando a opção é raspar muitas vezes na semana para usar biquíni, por exemplo.

A pele fica mais irritada.

Se podemos dar uma dica é esta: a lâmina precisa estar nova e bem afiada.

Os riscos de cortar a região íntima com uma lâmina inadequada são maiores e muito graves!

A depilação íntima feminina precisa de outros cuidados que vão desde a escolha certa do aparelho até os produtos que ajudam a acalmar a pele.

Mas, cuidado, esses produtos devem ser sem ingredientes que podem irritar a região que é mais exposta.

As chances de um pelo encravado só aumentam pelo calor, pela fricção das coxas e da roupa na área.

Em casos de pelo encravado e foliculite, vou deixar este artigo especial: Acabar com a foliculite é simples e definitivo.

Se você tem muitos pelos e grossos, talvez a lâmina não seja o mais indicado para seu caso.

Depilação íntima feminina com cera quente

Você, certamente sabe que dói, né? E muito.

Se não sabia e vai tentar…força amiga.

Têm mulheres que preferem ficar de bem com os pelos só pra não ter que passar pela depilação com cera.

Nesses casos, aparar os pelos já é uma ótima solução para ajudar na higiene.

Mas se você já se decidiu que não está afim de ter “pelos íntimos”, muitas mulheres acabam recorrendo para o método mais tradicional.

A depilação íntima com cera.

Ela é o que vai remover os pelos mais eficientemente e deixar você sem pensar na próxima sessão por apenas…algumas semanas.

Vale a pena a dor? Vale a pena o custo mensal?

A depilação com cera não é, nem de longe, definitiva e te faz encarar o método todo mês.

E, pode acreditar, nenhuma mulher merece aqueles puxões 😖

Sem contar que tem muita gente com alergia a cera quente!

Sabe como o seu dinheiro pode valer a pena?

Quando você investe para ficar definitivamente sem pelos nas regiões que te incomodam, não sente dor e ainda paga uma vez só.

Sabe onde queremos chegar? Na depilação íntima feminina definitiva!

Vamos ver se ela pode ser uma opção pra você?

Depilação íntima feminina com laser

O procedimento é muito simples e, pode acreditar, muito, muito, muito menos indolor.

O alvo do laser de diodo é a melanina.

Ou seja, o equipamento detecta onde há melanina (pigmento responsável pela coloração do pelo) e dispara o feixe de luz pura exatamente naquele local.

Esse processo atinge diretamente a raiz do pelo e suas células param de produzir.

Sem contar que o procedimento não costuma demorar e já é possível ter resultados visíveis já a partir da primeira sessão.

O que realmente acontece em uma sessão de depilação a laser? Vale um belo artigo, aqui ele: O que vale uma sessão de depilação a laser?

Quantas sessões de depilação a laser são necessárias?

Antes de aceitar qualquer oferta que te prometa depilação 100% definitiva é preciso ficar bem atenta àquelas letrinhas minúsculas.

E vamos ser sinceros, sabe por quê?

Por que existem muitas variações de tipo de depilação, tipos de laser e procedimentos.

A fotodepilação, por exemplo, não garante a depilação 100% definitiva.

Isso por que ela só enfraquece a raiz do pelo e logo que ela se regenera o pelo volta a nascer.

Ele pode crescer entre 6 meses a 1 ano, vai depender muito do fator biológico.

Como sempre, se quiser saber mais sobre as diferenças entre fotodepilação e laser: Vamos comparar? Fotodepilação ou laser de diodo

E se nos perguntar: Só uma sessão de laser é necessária? Com certeza, não.

Existe uma confusão aí!

Com a primeira sessão já é possível ver a redução drástica dos pelos.

Porém o laser atinge a raiz em sua fase de crescimento e, como você pode imaginar, nem todos os pelos crescem ao mesmo tempo.

Para garantir a depilação 100% definitiva você deve considerar 2 exigências primordiais:

1. Tipo de laser

Existem pelo menos 3 tipos de laser para depilação em clínicas:  

Cada um deles tem características específicas quanto à eficácia, benefício e dor. São eles:

Laser Alexandrite: É mais utilizado em peles claras, sendo contraindicados em peles morenas e bronzeadas devido às chances de queimaduras.

Soprano XL: é um pouco dolorido e são necessárias mais sessões para chegar a um resultado satisfatório. Todos os tipos de pele podem receber este tratamento.

Laser de Diodo: Mais avançado e seguro que o Alexandrite.

Penetra mais profundamente no folículo do pelo, pode ser usado também em peles morenas e negras.

Além de tratar foliculite, não deixar a pele manchada e necessitar de menos sessões para ter resultados 100% definitivos.


2. Quantidade de sessões

Para ter certeza que o tratamento terá resultado definitivo é preciso que a quantidade de sessões ideal para cada tipo de laser seja respeitada.

Nesse caso, para combinar o mínimo de sessões + máximo de resultado + sem dor, então só podemos te indicar o laser de diodo.

Com ele, você pode realizar a metade da quantidade de sessões do Alexandrite e nem passar perto da dor do laser Soprano XL.

A Laserfast, especializada em depilação com laser de diodo, garante:

“5 sessões já são necessárias para reduzir 90% do pelo indesejado. Embora desde o primeiro dia possa conseguir resultados surpreendentes”.

Ao final do procedimento, todos os folículos (os poros onde nascem o pelo) já receberam o laser.

Nessa hora é possível trabalhar pontualmente naqueles pelinhos que ainda estavam crescendo.

Portanto, escolha a clínica que realize uma pré avaliação e ofereça no mínimo 6 sessões.

Ficou pensando se realmente não dói ou se vai valer a pena o investimento?

Vou trazer essas respostas agora:

Depilação na região íntima com laser dói?

Antigamente, quando a depilação definitiva com laser começou a fazer sucesso, ainda era muito normal que a tecnologia dos equipamentos não fosse suficiente para que não provocasse dor.

Imagine só a dor na região íntima, lugar em que a pele é mais sensível 😱

Essa fama de a que a depilação a laser é dolorida ficou lá no passado junto com os equipamentos da época.

Hoje, existe uma tecnologia de resfriamento que protege a epiderme durante o contato com o laser.

Mas, tem um detalhe!

Esse detalhe é simples: Cada pessoa tem um grau de sensibilidade diferente…

A única coisa certa é que se você aguenta os puxões da cera, então, com certeza, vai ser muito mais confortável depilar com laser.

Principalmente se for o laser de diodo.

Demora muito para tirar todos os pêlos da virilha com laser?

A depilação não costuma demorar e vai depender da região a ser aplicado o laser e também da avaliação do profissional.  

As axilas, por exemplo, costumam levar em média 5 minutos para completar a sessão.

Já a virilha pode variar em torno de 10 minutos. Muito rápido!

E os resultados já são surpreendentes já a partir da primeira sessão de depilação.

Para quem acha que ter muito pelo e muito grosso é um impedimento, trago boas notícias!


A depilação a laser na virilha funciona para pelo grosso?

Tem um fato bastante curioso sobre a depilação a laser:

Muitas mulheres, por desconhecerem o procedimento, acham que por ter pelos grossos e bem escuros é praticamente impossível a depilação a laser na virilha eliminar 100% esses benditos pelinhos…

Mas é exatamente aí que a mágica acontece!

Sabia que quanto mais grosso e mais escuro mais eficiente é a depilação a laser?

Pelos grossos e escuros apresentam um resultado muito satisfatório já nas primeiras sessões.

Já em pelos brancos ou claros, pode ser necessário um número maior de sessões.

Ou até mesmo da avaliação do profissional sobre a viabilidade do procedimento.

Vamos, então, à pergunta que não quer calar?

Depilação com laser é caro?

Quer fazer uma conta?

Imagine uma pessoa com 30 anos que faz depilação desde os seus 18 anos. Isso dá exatamente 144 meses.

Agora, vamos imaginar um custo médio de 60 reais para depilar mensalmente virilha e axilas apenas.

Com 30 anos ela já gastou R$8.640,00! – Sem contar as demais partes do corpo.

Já pensou essa mesma conta para daqui 10 anos?

Fica a dica: Muitas clínicas facilitam o pagamento e dão descontos caso você queira levar ou indicar mais amigos ou amigas.

Quer ver como o pagamento pode ser facilitado e de quebra experimentar a depilação a laser de diodo? A Laserfast está oferecendo 3 sessões grátis!

Pegue seu voucher aqui no artigo:

ganhe 3 sessões grátis


Avalie o artigo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo