A Principal Diferença Entre Depilação A Laser E Fotodepilação

Escrito por: Michelle Martins

diferença entre depilação a laser e fotodepilação

A diferença entre depilação a laser e fotodepilação é básica e suficiente para distinguir um procedimento do outro: resultado. Um é definitivo e pode ser usado em qualquer tonalidade de pele, já o outro dura até 6 meses e contraindicado para fototipos escuros. Essas diferentes estão todas no artigo!

Os métodos de depilação duradoura costumam ser confundidos entre o laser e a famosa luz pulsada.

Acontece que a luz pulsada nem é considerada laser e seu principal objetivo é a depilação um pouco mais duradoura, mas nunca definitiva.

A indicação, o processo e o resultado são pontos chaves e que precisam de mais detalhes.


Diferença entre depilação a laser e fotodepilação é o resultado

Sim, basicamente o resultado.

A maior questão nem é te esclarecer que uma é definitiva e a outra não.

O que pode acontecer é você pagar por “depilação definitiva” enquanto que na verdade você está comprando fotodepilação.

A fotodepilação pode te deixar sem crescimento dos pelos por algum tempo.

Mas ela não tem a capacidade de destruir a raiz e as células germinativas do pelo.

A luz pulsada consegue no máximo agredir a raiz dos pelos e logo que ela se regenera os pelos iniciam a sua fase de crescimento normalmente.

E quanto tempo isso leva?

Depende do fator biológico de cada um. Para alguns seis meses e para outros muito menos que isso.

Sem contar aqueles casos que vemos por aí que a “depilação definitiva não funcionou”.

Entendeu o alerta sobre a principal diferença entre depilação a laser e fotodepilação?

Desconfie sempre.

Custo benefício é diferente entre depilação a laser e fotodepilação

Aqui está o maior incentivador da fotodepilação, especialmente para quem ainda não conhece os detalhes do tratamento: o valor.

A diferença entre depilação a laser e fotodepilação que merece destaque é o valor do investimento.

Por não ser laser, por não ser definitivo e por sempre precisar de novas sessões periodicamente, o tratamento com luz pulsada é mais barato do que a depilação a laser.

Então, o foco aqui é só ter certeza do que realmente você precisa.

Tem alergias, foliculites ou simplesmente quer muito se ver livre de pelos? Priorize o laser e o custo benefício do resultado 100% definitivo.

Quer investir e ficar sem pelos por algum tempo e precisar investir de novo? Reserve orçamento parafotodepilação pelo menos 2 vezes ao ano.

Como funciona a Fotodepilação

Pra você ter a verdadeira noção da diferença entre depilação a laser e fotodepilação, vamos explicar como cada um dos equipamentos funcionam.

Fotodepilação é basicamente uma luz.

Uma luz intensa pulsada (LIP) emitida através de um aparelho que possui uma espécie de lâmpada flash de alta energia.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), o procedimento é feito  com um equipamento dotado de uma fonte de energia luminosa.

Com o tratamento de luz pulsada o feixe de luz é disparado de forma mais espalhada e atinge os pelos mais superficialmente.

Por isso não é capaz de eliminá-los de vez, mas sim de enfraquecê-los.

A eficácia da fotodepilação está bastante associada à quantidade de sessões.

Geralmente são em torno de 10 sessões para que o resultado seja visivelmente eficiente.

As variações no resultado também estão relacionadas às características biológicas de cada pessoa.  

O procedimento usa uma luz espalhada com comprimento de onda bem menor do que a do laser.

Por ter pouco alcance de profundamente, não causa tanto incômodo.

Mas, não é totalmente indolor.

Um fato bastante importante sobre a fotodepilação é que o feixe de energia  por ser abrangente não deve ser utilizado em peles com tonalidades escuras.

Portanto, peles morenas, negras ou bronzeadas não podem realizar o procedimento pelo risco de manchas e queimaduras na pele.

Falta te contar as características e diferenças do laser.

Como funciona a depilação a laser

O alvo do equipamento de depilação  a laser é a melanina.

Ele detecta onde há melanina, pigmento responsável pela coloração do pelo, e dispara o feixe de laser exatamente naquele local.

Por isso, podemos dizer que quanto maior o contraste entre a cor da pele e a cor do pelo, um melhor resultado será alcançado.

Além de “matar” as células que produzem pelos, ele trata diretamente a foliculite.

E clareia a pele nas regiões mais afetadas pelo uso constante da lâmina, como as axilas e a virilha.

Mas, a depilação a laser tem uma fama, você sabe qual?

De que é muito dolorida.

Nos últimos 30 anos a tecnologia que mais foi almejada era tornar a experiência de depilação definitiva indolor.

Muita coisa mudou.

Desde que você escolha uma clínica de depilação especializada e que use um tipo de laser de diodo.

O Laser de Diodo é a tecnologia mais recente e inovadora para a depilação a laser no mundo.

Ele é inovador não só porque foi desenvolvido com laser em fibra ótica, mas especialmente pelo seu sistema de arrefecimento.

Que nada mais é do que o resfriamento da ponteira onde o laser é disparado.

Esse resfriamento é conduzido por um material nobre e revestido em safira que age como uma camada de proteção da pele.

A experiência que antes era dolorosa, hoje, com esse tipo de laser de diodo, é praticamente inexistente.

Inclusive, a procura pela depilação masculina a laser também só aumenta pelo fato de não ser mais um tratamento dolorido como era antes.

Tá afim de conhecer mais de perto? Pegue 3 sessões grátis aqui embaixo e corre pra LaserFast:

cta ganhe-3-sessoes-depilacao-laser-fast

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo