Diferença Entre Laser E Luz Pulsada: Muito Além Do Resultado

Escrito por: Michelle Martins

diferença entrer laser e luz pulsada

Avalie o artigo

A diferença entre laser e luz pulsada é desde a tecnologia, afinal a luz pulsada não é um tipo de laser, até a experiência da sessão, o valor e o resultado. Veja perguntas e respostas para as principais expectativas de cada método. 

Além do resultado que – em alguns casos – pode ser aparentemente igual para ambos os tratamentos, existem alguns detalhes que tornam cada um melhor ou pior que o outro no quesito custo, dor, duração, quantidade de sessões, segurança e riscos. 

Resolvemos levantar todas as perguntas e responder de acordo com cada tratamento, assim você vai saber que, além de diferentes, eles podem ter muito impacto no custo benefício. 

Especialmente para quem decidiu investir em manter a pele lisinha e livre de pelos definitivamente. 

Veja as diferenças!

Diferença entre laser e luz pulsada em tecnologia 

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a fotodepilação é basicamente uma luz. 

Uma luz intensa pulsada (LIP) emitida através de um aparelho que possui uma espécie de lâmpada flash de alta energia. 

Tecnicamente falando,  a SBD explica que são luzes diversas que emitem comprimentos de onda variados na pele, gerando calor local por meio desses disparos.

Por ter mais variações e menos profundidade, ela não é capaz de “matar” a raiz e as estruturas que fazem o pelos crescerem.

Já o laser, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), é a amplificação da luz emitida através de uma radiação estimulada. 

Muito técnico, né? 

Explicamos a sua diferença básica e simples: 

Com o tratamento de luz pulsada o feixe de luz é disparado de maneira mais espalhada e atinge os pelos mais superficialmente.

Não sendo capaz de eliminá-los de vez,  mas sim de enfraquecê-los.

A depilação a laser funciona com o disparado de um feixe luminoso a laser capaz de agredir os pelos.

E ao atingir a sua raiz ele consegue “matar” as estruturas responsáveis pelo crescimento. 

O comprimento das ondas pode variar de acordo com cada tipo de laser, o que vai impactar diretamente na eficiência, conforto e segurança de cada um. 

Ainda segundo a SBD, durante a aplicação, a energia emitida pelo aparelho é atraída pela pigmentação (melanina) do folículo piloso.

O que leva ao enfraquecimento e destruição da sua raiz.

Saiba mais:Depilação A Laser Ou Luz Pulsada? 5 Perguntas Que Você Deve Fazer

Existe risco de queimar a pele com depilação definitiva?

Com o laser, os riscos são mínimos. Quanto melhor e mais moderna a tecnologia, mais seguro. 

E leve sempre em consideração que os casos raros de maiores danos à pele é pelo mal manuseio do equipamento e por profissionais que não são capacitados para realizar o tratamento.

E tem outro detalhe importante sobre a escolha do laser, prefira aquelas que podem ser utilizados em qualquer tom de pele. 

Os equipamentos que possuem alta atração pela melanina, como o tipo de laser Alexandrite, tem mais riscos de queimaduras e sua recomendação é que seja usado em peles claras.

Já com a luz pulsada, a história muda. 

Elas possuem muitas variações de comprimento e uma das principais características é que ela se expande sobre a pele e não deve ser usada em peles em tons mais escuros, exatamente pelos riscos de manchas e queimaduras. 

difrerença entre laser e luz pulsada

Os pelos podem voltar a crescer após o tratamento de depilação?

 A mais conhecida diferença entre laser e luz pulsada é exatamente o resultado. 

Para um laser altamente eficiente e de tecnologia moderna,  as chances dos pelos que foram tratados voltarem a crescer é praticamente nula, afinal o laser é capaz de “matar” a raiz e todas as estruturas responsáveis pelo crescimento. 

Para outros tipos de laser ainda é preciso algumas manutenções anuais. 

Mesmo para o laser de diodo conduzido em fibra ótica alguns novos pelinhos podem aparecer, mas serão bem fininhos e espalhados. Fácil de resolver até com uma pinça. 

E no que diz respeito à luz pulsada, já fica o alerta: os pelos vão voltar a crescer! 

E a duração vai depender também de fatores biológicos e hormonais. 

A luz pulsada só consegue agredir os pelos e logo que sua raiz de regenera os pelos voltam a crescer. 

Isso pode levar menos de 6 meses em muitos casos. 


Depilação a laser e luz pulsada: qual dói mais? 

Uma diferença no que diz respeito à tecnologia explica melhor a sensação de dor de cada tratamento. 

O laser tem ondas com maior alcance e profundidade, além de ser mais intenso e concentrado. 

A luz pulsada não tem muita profundidade e seu feixe de luz, omo você viu na imagem lá em cima, é mais espalhado. 

Logo, o laser pode ser mais doloroso do que a fotodepilação. 

Extra: Depilação A Laser Na Virilha Dói Mais? Explicamos O Porquê 

Mas não se engane! A fotodepilação não tem muitos mecanismos de proteção da pele e se você tem muita sensibilidade pode ser pior que o laser com a ponteira resfriada, por exemplo. 

Como assim ponteira resfriada? Explico. 

O procedimento ganhou fama de ser bastante dolorido quando começou a ganhar popularidade há pelo menos uns 20 anos atrás. 

O que mudou de lá pra cá? Muita coisa. Explicamos para cada um dos tipos de laser. 

Laser Alexandrite

Quando realizado com seu máximo de energia, a depilação com este tipo de laser é,  para a maioria das pessoas, dolorosa. 

Tanto é que em algumas clínicas é utilizado um gás de criogênio para resfriar a região e amenizar a dor.

Mas, fica o alerta: Este gás pode causar queimaduras pelas baixas temperaturas.

Laser Nd YAG

É o mais dolorido por ter o comprimento de onda de 1064 nm. 

Apesar de conseguir alcançar o bulbo do pelo é o tratamento menos comum para depilação definitiva no Brasil.

Este tipo de laser é o indicado também para remoção de tatuagens. 

A diferença do Laser de Diodo

A Laser Fast, especialista neste tipo de laser,  explica que uma das melhores características do laser de diodo é o resfriamento da ponteira em contato com a região.

Essa ponteira tem a função de realizar uma super camada de proteção e deixar o processo de depilação praticamente indolor. 

Tecnicamente falando, ele é mais avançado e seguro que o Alexandrite. 

Pra fechar nossa conversa sobre a busca da melhor depilação a laser, quer uma certeza? 

Se você aguenta os puxões da cera na virilha, então, tenho certeza que você vai tirar de letra a depilação definitiva. 

Pra facilitar, vou deixar aqui embaixo um voucher com 3 sessões grátis do laser mais moderno do mundo. Experiente! 

cta ganhe-3-sessoes-depilacao-laser-fast

Diferença Entre Laser E Luz Pulsada Além Do Resultado


Saiba mais sobre o laser de diodo: Depilação A Laser Comum E Com Fibra Ótica Tem Diferença?

Avalie o artigo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo