Irritação Na Pele Depois Da Depilação: Confira 10 Truques Para Lâmina Ou Cera

Escrito por: Michelle Martins

irritação na pele depois da depilação

Irritação na pele depois da depilação pode ser resolvida com cuidados com a pele antes e depois de usar lâmina ou cera. Esses cuidados variam desde loções calmantes até usar a técnica correta para os dois métodos. Veja agora 10 truques que podem salvar sua pele da irritação!

A remoção dos pelos do corpo é um tipo de agressão à nossa pele e por isso é normal que em peles mais sensíveis apareçam as reações alérgicas ao processo. 

E vale tanto para ceras quanto para uso constante de cremes depilatórios e lâmina. 

Mas, claro, tudo pode ser evitado ou ao menos minimizado com cuidados que você pode ter com a pele.

E esses cuidados requer pouco esforço, você pode fazer a maioria em casa e mudando alguns hábitos. 

Fizemos uma lista com 10 maneiras de evitar irritação na pele depois da depilação! 

#1 Como preparar a pele para depilação 

Tem muita gente que não possui o hábito de esfoliar a pele no cotidiano, é o seu caso? 

Se você não tiver esse hábito, uma simples esfoliação no local, que pode ser feita no banho antes de realizar a depilação, já contribuiu muito. 

Essa esfoliação desobstrui os poros removendo células mortas e deixa a passagem dos pelos mais livres. 

Pode evitar que a depilação cause traumas em seus folículos e a consequente inflamação.

Especialmente quando o método de depilação for a cera. 

Outra dica que serve para depilação tradicional com cera, creme ou lâmina é deixar para fazer sempre após o banho. 

Dê tempo para que os poros dilatem com o calor do chuveiro.

E para que os pelos fiquem mais emolientes facilitando a corte ou a remoção do pelo pela raiz.


#2 Escolher o barbeador ou lâmina correta 

 Mesmo fazendo parte de uma rotina que já dura bons anos, a lâmina não pode ser sempre a mais simples e mais barata. 

Isso porque quanto menos lubrificação e filetes de lâmina, maior será a agressão causada à pele. 

Escolha a lâmina que possua aquele filete lubrificante que ajuda a deslizar melhor e agride menos a pele. 

E dê preferência para o aparelho de depilação com pelo menos duas lâminas. 

Parece uma dica boba, mas pode ser a chave para não causar alergias. 

Por que o ideal é que você passe a lâmina no sentido do pelo e uma vez só. 

Escolhendo aparelhos com mais lâminas e mais “duráveis” você corta os pelos mais rápido.

Além de menos atrito, menos pressão e movimentos repetitivos na mesma área.

As chances de irritação na pele depois da depilação com lâmina só diminuem quando a lâmina é nova e eficiente. 


#3 Como guardar a lâmina de depilar 

Esse truque podemos chamar, literalmente, de cuidados ao guardar a lâmina. 

Você tem o hábito, assim como a maioria, de deixar a lâmina alí perto no chuveiro, dentro do box? 

A alergia pode também ser provocada por fungos que acumulam em ambientes mais úmidos.

Sempre limpe, seque e deixe guardada em um local livre de umidade. 

E se você já tem o costume de trocar semanalmente a lâmina, muito bem!

Esses aparelhos de barbear são descartáveis e seu prazo de uso seguro é de em média 5 dias. 

Faz o teste e depois conta pra gente se resolveu a irritação na pele após a depilação usando lâmina? 

irritação na pele depois da depilação

Ah! Só pra reforçar, nada de lâminas velhas ou enferrujadas! 


#4 Depilar com lâmina todos os dias pode causar irritação na pele depois da depilação

Aqui vamos dividir as opiniões? 

Em respeito ao time das mulheres premiadas com bastante pelos, devemos concordar que parece impossível não usar a lâmina todos os dias,  pelo menos nas axilas. 

Para quem escolhe decididamente ficar sem pelos, ter eles em excesso é um tarefa diária usar lâmina.

Mas, devemos dizer, usar diariamente pode provocar irritação na pele depois da depilação. 

Os pelos ainda não estão apontando o suficiente para serem cortados e quem vai mais sofrer com o atrito constante é a sua pele. 

Mas, se te parece fora de cogitação não usar a lâmina todos os dias, então recorra aos puxões da cera. 

Pelo menos você evita friccionar a pele repetidas vezes no mesmo lugar. 

Dica importante: Não tá afim de encarar a dor da cera quente? Justo. A solução nesses casos vai ser resolver o problema definitivamente! Saiba como funciona a depilação definitiva

cta ganhe-3-sessoes-depilacao-laser-fast

#5 Não use sabonetes para depilar 

Geralmente usar sabonete demais deixa os pelos mais ásperos e difíceis de serem cortados pela lâmina.

E ao acumular sabonete entre as lâminas, você pode prejudicar o corte e a qualidade do aparelho. 

O truque é usar condicionador na ausência de cremes específicos. 

Sem contar que os sabonetes costumam ressecar demais a pele e as chances de causar coceiras também aumentam. 

E nunca faça uma depilação com lâmina a seco.

A lâmina não desliza como deve ser e pode machucar a sua pele causando irritações que vão desde vermelhidão até inflamações.

E lembre-se,  sempre hidrate a região em contato com a lâmina.

A pele hidratada evita o ressecamento impedindo que lesões sejam mais graves quando a pele está mais áspera. 

Mas se o seu caso não tem nada ver com lâmina…

Então fique de olho nas próximas dicas para cuidar da pele e evitar irritação depois da depilação com cera quente.


#6 Conhecer os componentes da cera quente

Muitas ceras possuem fragrâncias, fórmulas refrescantes ou até ingredientes que dilatam os poros. 

E se após abrir os poros, a pele ainda estiver em contato com componentes que podem causar alergia para peles sensíveis, a irritação após a depilação só piora. 

Esses componentes podem aumentar a vermelhidão, a coceira e deixar manchas ou cicatrizes na região. 

Fique de olho nos componentes e prefira as ceras quentes mais puras e específicas para peles sensíveis.

#7 Temperatura da cera quente para depilação 

Não é simples como parece. 

Principalmente para quem se depila sozinha em casa. 

Se não estiver na temperatura ideal não remove os pelos uniformemente e se estiver muito quente agride e causa o processo inflamatório. 

A primeira coisa é acertar a temperatura e a textura para retirar os pelos integralmente e sem machucar. 

Não pode ser muita líquida porque queima a pele e não pode ser muito dura se não não adere aos pelos. 

Complicado? Pode ser, melhor sempre testar em uma pequena área ou pedir ajuda de um profissional.

A textura boa é quando está pastosa e pegajosa. 

Pra quem depila as pernas, por exemplo, temos um artigo novo aqui no blog: Alergia Nas Pernas Após Depilação: Como Evitar + Solução Infalível

#8  Alergia a cera quente em áreas sensíveis do corpo

Para as mulheres: buço, rosto ou virilha.

Para os homens: peito, rosto e axilas.

Se identificou com essas áreas como as mais sensíveis e dolorosas de depilar com cera? 

Mesmo que para cada um as áreas sejam outras, o importante é sempre identificar seu tipo de pele.

E procurar alternativas que não agridem a pele.

Outra dica extra é não usar óleos ou cremes muito pesados logo após a depilação.

Isso por que os poros estão abertos e você pode dificultar a respiração natural da pele e tapar o folículo provocando foliculites.

Vai outra dica extra: Quando depilar as axilas com cera, também evite aqueles antitranspirantes com álcool na fórmula.

#9 Como usar a cera quente e evitar irritação na pele depois da depilação

 

Não corra o risco de se machucar e confundir com alergia a cera quente! 

Repetir os puxões mais de uma vez na mesma área agride duas vezes a pele. 

Se você prefere pagar pelo procedimento, fique de olho se a técnica não está sendo o grande problema: 

 A sequência para que tudo dê certo é essa: 

  • Passe uma quantidade generosa de cera arrastando no mesmo sentido que o pelo; 
  • E lembre-se que é possível ter metade dos pelos para um lado e outra metade em outro sentido;
  • Repita o processo um de cada vez;
  • Já para puxar, é sempre no sentido contrário ao pelo e com um belo “puxão”;
  • Exatamente para o sentido contrário ao nascimento dos pelos;  

Pode parecer exagerado, mas se você não puxar com precisão e firmeza, a tendência é machucar a pele.

E ainda pode provocar roxos e dificultar a retirada do pelos sem que agredir a área.

Dica extra: Uma consequência frequente quando o procedimento agride o folículo do pelo é a foliculite. Essa inflamação precisa de cuidados antes e após a depilação. 

#10 Trate a foliculite após a depilação 

Primeiro de tudo, segue o conselho amigo: não use cera quente em áreas em que já estava com irritação na pele depois da depilação.

Se você tem o hábito de depilar os pelos com cera, então é comum que alguns, por serem mais grossos, não consigam romper totalmente a camada da pele.

E acabam encravando e formando a foliculite nas região onde aconteceu a depilação. 

Nesses casos não é alergia da depilação exatamente, mas muito provavelmente devido à técnica errada.

Além da dica de não usar nenhum tipo de produto como óleos ou cremes nas regiões depiladas até 24h depois, você precisa ficar de olho: 

  • Com uso de desodorantes ( principalmente com álcool);
  • Esfoliação precisa ser leve e se a pele estiver muito irritada melhor adiar;
  • E usar roupas leves e de algodão, nada de abafar a região com tecidos pesados, jeans ou sintéticos;

Alerta: se você descobriu agora que aquelas bolinhas vermelhas chatas que você já reparou na sua pele são foliculites, então olha neste artigo como acabar com elas: Como acabar com a foliculite é simples e definitivo

Pra fechar com chave de ouro, só tenho uma única dica que realmente é infalível e já mencionamos lá em cima: depilação a laser

Só este tratamento é capaz de realmente deixar sua pele livre de puxões, alergias, coceiras, lâminas e pelos! 

Sem pelos, sem problemas de irritação na pele depois da depilação. 

Quer testar nas axilas? Vou deixar um voucher com 3 sessões grátis aqui embaixo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo