Como Não Ter mais Pelo Encravado na Virilha? A Laserfast Ensina!

Escrito por: Michelle Martins

pelo encravado na virilha

Avalie o artigo

Não ter mais pelo encravado na virilha após a depilação é possível com cuidados pré e pós depilação, técnica correta e bons materiais. Quem é especialista no assunto responde: tem solução! Reunimos todas causas e soluções para você testar e aprovar.

Após remover os pelos seja com cera ou lâmina há sempre o risco de algum pelo ficar encravado (foliculite).

Sem contar que a pele geralmente fica manchada ou irritada com aquelas bolinhas na pele que ficam vermelhas e coçam demais.

Mas, se tem um pós depilatório que nenhuma mulher merece é o pelo encravado na virilha!

Além de deixar manchas, a região fica cada vez mais irritada pelo atrito da roupa, pelo abafamento e a consequência é sempre precisar tratar foliculite que aparece.

Quer dá um jeito nisso? A gente explica como e por quê 👇🏼  

Por que o pelo fica encravado na virilha?

Todo processo de remoção dos pelos pode ser considerado um tipo de agressão à pele, leve ou mais intensa.

O folículo piloso (aquele poro de onde o pelo nasce) pode causar uma reação inflamatória quando a tentativa de retirada do pelo pela raiz, como é o caso da cera quente, não é bem sucedida.

Isso acontece quando o pelo não sai totalmente através folículo.

Ou quando não consegue ultrapassar a barreira de queratina sob as camadas da pele.

Nesses casos, o pelo fica parcialmente no folículo e cresce sem romper o poro, provocando um processo inflamatório como defesa do nosso organismo.

Parece complexo, né?

Mas tudo isso pode ser provocado de um jeito simples:

  • Remoção incorreta dos pelos;
  • Atrito logo após a depilação;
  • Peles muito sensíveis;
  • Se os pelos forem grossos demais;
  • Pouco cuidado antes e depois da depilação;
  • Abafamento da região da virilha;
  • Roupas muito apertadas.

Mas, primeiro de tudo, identifique se o teu incômodo é mesmo foliculite.

Dica importante: Conhecer seu tipo de pele e seu nível de sensibilidade é fundamental para acertar no método perfeito de depilação.

Para isso, procure sempre orientação de um médico especialista.

Como identificar foliculite na virilha?

Sabe aqueles pelinhos que encravam sempre que você passa a lâmina ou então usa cera para depilar?

Eles costumam coçar, deixar casquinhas. Em outros casos, os poros ficam machucados e com bolinhas que não deixam a virilha lisinha.

A melhor forma é identificar qual tipo de foliculite você mais tem.  

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia existem dois tipos:  

Foliculite superficial

Essa costuma afetar apenas a parte superior do folículo piloso.

É exatamente quando ocorre o aparecimento de pequenas espinhas vermelhas com ou sem pus. A virilha pode ficar avermelhada e inflamada.  

Sem contar a coceira e sensibilidade na região.

Foliculite profunda

A inflamação atinge áreas mais profundas da pele e pode haver a formação de furúnculos.

E os sintomas são grandes áreas avermelhadas, lesões elevadas com pus amarelado no meio, as partes atingidas ficam muito sensíveis e doloridas.

As chances de cicatrizes são maiores nesses casos, e, de acordo com a SBD, pode haver destruição do folículo piloso.

Você faz parte da maioria com foliculite superficial. Diz que sim? 🙌🏼

Como tratar foliculite?

O tratamento para foliculite vai desde os cuidados pré depilatórios até métodos para resolver a inflamação.

Os métodos pré depilatórios estão muito relacionados com hábitos que você pode adotar.

Esses hábitos vão simplesmente evitar o pelo encravado na região mais íntima do corpo.

Já para as situações em que a inflamação já aconteceu é necessário deixar a área sempre muito bem higienizada.

E evitar qualquer atrito, portanto, não use lâminas e ceras e deixe de lado as roupas apertadas.

Sempre procure orientação de um médico dermatologista para os casos em que a inflamação permanece e evite qualquer automedicação.

Ah, tem ainda os famosos tratamentos caseiros. Vamos falar deles agora.


Tratamento caseiro para foliculite resolve?

Têm muitos alimentos e ingredientes naturais que são excelentes anti inflamatórios.

E que naturalmente ao serem ingeridos ajudam no sistema imunológico.

E cuidam do nosso organismo combatendo o surgimento de inflamações.

Mas, e quando eles já estão lá inchados, coçando e te incomodando?

Também existem infinitas soluções caseiras para esfoliação que tem função antibacteriana e fungicida.

Mas, vamos combinar?

Se seu maior problema está na inflamação dos pelos após a depilação, mesmo com todos recursos caseiros, todo mês os folículos vão ficar infeccionados e com bolinhas vermelhas.

Imagine esteticamente? Pode ser desanimador.

O melhor mesmo é ter cuidados com a pele e prestar atenção nos hábitos que iremos te contar, assim você evitar pelos encravados.


Como evitar o pelo encravado na virilha?

Lembra dos hábitos que dissemos lá em cima que você poderia adotar para evitar foliculite, então aqui vão eles:  

1. Esfoliar a pele evita pelos encravados na virilha

Você remove células mortas e deixa o folículo livre de impurezas e riscos de inflamar.

Mesmo tendo o hábito de cuidar da pele, deixamos de lado a esfoliação das regiões da virilha, lugar onde a lâmina ou a cera é usada constantemente.

Duas vezes na semana já ajuda na limpeza dos poros e impede que o folículo fique obstruído acumulando resíduos na camada superficial da pele.

Tudo isso dificulta a saída do pelo em crescimento.

Sem contar que a esfoliação pode ajudar a desencravar o restinho de pelo que ficou preso no folículo piloso.

Vem cá, qual foi a última vez que você passou um esfoliante na virilha, hein?

2. Hidratar evita as bolinhas vermelhas de foliculite

A pele fica mais equilibrada e produz menos oleosidade.

Assim você também evita o acúmulo de toxinas e sebo no canal do pelo e consequentemente a sua inflamação.

Quando a pele está ressecada, as agressões costumam ser mais intensas e as chances de inflamação nos canais onde nascem os pelos só aumentam.

3.  Evite foliculite na virilha usando roupas leves

Principalmente se você acabou de depilar!

Evite ao máximo roupas muito apertadas e de tecidos sintéticos que dificultam a respiração da pele.

É receita para o pelo encravar e desenvolver foliculites na virilha.

Se ficar aquela pontinha de pelo que não foi removida completamente, a tendência é que ela se volte para dentro do folículo com o atrito de roupas apertadas.

Inflamação nessas condições é inevitável.

Prefira tecidos de algodão e mais leves.

4. Cuidado com o pelo encravado na virilha ao usar lâmina

Para não agredir a pele e raspar o pelo uniformemente é muito importe que a lâmina seja usada na virilha no sentido do crescimento do pelo.

Outra recomendação é que ela esteja sempre nova, seca e livre de umidade.

Nada de deixar a lâmina exposta dentro do box do banheiro!

O que poucos sabem é que a foliculite pode ser desenvolvida por bactérias e fungos que entraram em contato com o folículo piloso da derme.

5. Depilação com cera pode encravar o pelo

Se você tem o hábito de depilar os pelos com cera, então é comum que alguns, por serem mais grossos, não consigam romper totalmente a camada da pele.

Eles acabam encravando e formando a foliculite nas região onde aconteceu a depilação.

A dica é usar a técnica corretamente e não usar nenhum tipo de produto como óleos ou cremes nas regiões depiladas até 24h depois.

Quanto à técnica correta, a Laserfast tem aqui no blog um artigo super completo pra você decidir entre a cera, a lâmina ou o laser: Depilação íntima feminina: cera, lâmina ou laser?

Mas, vai de bônus a maneira mais adequada de depilação com cera, caso você seja dessas que consegue depilar a virilha sozinha.  


depilação com cera encrava o pelo na virilha

Como depilar com cera sem ter pelo encravado na virilha?

Essas dicas são básicas e podem contribuir para depilação com cera quente e evitar os temidos pelos encravados na virilha.

Principalmente nas regiões onde a pele é mais sensível como é o caso da virilha.

#1 Temperatura e textura da cera

A primeira coisa é acertar a temperatura e a textura ideal da cera para retirar os pelos integralmente e sem machucar.

Não pode ser muita líquida porque queima a pele e não pode ser muito dura se não não adere aos pelos.

Complicado? Pode ser, melhor sempre testar em uma pequena área.  

A textura boa é quando está pastosa e pegajosa.

#2 Virilha limpa e seca

Depois é muito importante que a virilha esteja bem seca para a cera aderir perfeitamente.

Sempre limpa e sem produtos. Se necessário, use talco para evitar o suor.

#3 Técnica correta

Não corra o risco de se machucar tendo que repetir os puxões mais de uma vez na mesma área.  A sequência para que tudo dê certo é essa:

  • Passe uma quantidade generosa de cera arrastando no mesmo sentido que o pelo;

  • E lembre-se que é possível ter metade dos pelos para um lado e outra metade em outro sentido. Repita o processo um de cada vez;

  • Já para puxar, é sempre no sentido contrário ao pelo e com um “puxão” preciso exatamente para o outro lado em que está as pontas do pelo.  

Pode parecer exagerado, mas se você não puxar com precisão e firmeza, a tendência é machucar a pele.

Além de provocar roxos e dificultar a retirada do pelos sem agredir e provocar pelo encravado na virilha.

#4 Evite exposição ao sol

Lave bem após a depilação e evite exposição ao sol logo em seguida para não escurecer as laterais expostas da virilha.

#5 Loções pós depilação

Você pode usar alguma loção calmante se for o caso, mas pesquise bem qual é o mais indicado.

Por que os poros estão mais abertos e podem correr o risco de ficarem com impurezas acumuladas e provocar a foliculite.

Aqui uma dica extra: procure sempre uma posição confortável e que facilite o procedimento e não se mexa na hora de puxar!

Tá mais com cara de tortura do que de depilação, né?

E, claro, você precisa deixar os pelos crescerem um pouquinho mais pra conseguir o resultado esperado.

Pois é, cera dói, dá trabalho e se você estiver com pressa não é a melhor solução depilar sozinha.

#sincerão.

Depilar com lâmina a virilha encrava o pelo?

Não necessariamente, devemos dizer.

Como já dissemos, a técnica correta tem muita influência no aparecimento de pelo encravado na virilha.

O que acontece é que o uso frequente da lâmina acaba agredindo cada vez mais a pele já sensibilizada.

Quer saber alguns truques para usar a lâmina adequadamente na virilha, olha só:

#1 Escolha a lâmina perfeita

Escolha a lâmina que possua aquele filete lubrificante que ajuda a deslizar melhor e agride menos a pele.

#2 Esfoliar a virilha evita muito o pelo encravado

Mesma regra da cera.

Esfolie a virilha 1 dia antes de passar a lâmina. Isso remove as células mortas, limpa os poros e evita pelos encravados.

#3 Técnica correta reduz o pelo encravado na virilha

Para causar menos danos à pele a recomendação é que você passe a lâmina sempre no sentido do pelo.

Quando não agride os pelos e nem a pele, as chances de ter pelo encravado na virilha diminuem.

E o agravamento para foliculites também.

#4 Sem sabonetes

Não use sabonetes! Geralmente usar sabonete demais deixa os pelos mais ásperos e difíceis de serem cortados pela lâmina.

Além de acumular sabonete entre as lâminas e prejudicar o corte e a qualidade do aparelho.

O truque é usar condicionador na ausência de cremes específicos.

Como nem todos os pelos crescem ao mesmo tempo, a lâmina pode agredir o folículo e impedir que o pelo ultrapasse a barreira da pele.

Sem contar que o uso diária da lâmina desencadeia outros fatores, como o escurecimento da região da virilha ou axilas.

Sugestão de artigo para esclarecer as causas de uma axila escurecida:  A fama de que a depilação a laser clareia axilas é verdadeira? Conheças as causas de uma axila escura

Até agora você conferiu as causas básicas e as providências que você pode testar.

Mas, na verdade, se você sempre teve pelo encravado na virilha e quer mesmo é a SOLUÇÃO então não há mais o que dizer, além de: Invista na depilação a laser na virilha.

A depilação a laser acaba mesmo com o pelo encravado?

A decisão de fazer depilação a laser para tratar foliculites constantes é libertadora e resolve o problema, literalmente, pela raiz.

depilação a laser resolve pelo encravado e foliculites na virilha

Isso acontece por que o alvo do equipamento é a melanina.

Ele detecta onde há melanina, pigmento responsável pela coloração do pelo, e dispara o feixe de laser exatamente naquele local.

Por isso, podemos dizer que quanto maior o contraste entre a cor da pele e a cor do pelo, um melhor resultado será alcançado.

Além de “matar” as células que produzem pelos, o tratamento trata diretamente o pelo encravado na virilha e a consequente foliculite.

POde também clarear a pele nas regiões mais afetadas pelo uso constante da lâmina como as axilas e a virilha.

Conteúdo extra: Depilação A Laser Axilas Antes E Depois: Os 3 Efeitos Mais Desejados

Você investe em resultado, alívio e saúde!

cta ganhe-3-sessoes-depilacao-laser-fast


Se tem uma dica valiosa que podemos dar é entenda os tipos de laser.

Depois, qual pode tratar foliculite e te proporcionar um investimento realmente definitivo.

Abaixo, vamos mostrar os principais.

Tipos de depilação a laser para acabar com o pelo encravado na virilha

Laser Alexandrite

O possui ondas de 755 nanômetros e seu foco é a atração direta da melanina.

Além de conseguir chegar até a camada média da derme.

O detalhe importante desse tipo de laser é que as chances de queimadura são maiores, principalmente se você estiver com a pele bronzeada.

Limitado para peles claras.

Extra: Tem uma comparação completa deste tipo de laser aqui no blog.

Laser Soprano XL

Esse possui ondas de 810 nanômetros, é mais dolorido e são necessárias mais sessões para chegar a um resultado satisfatório.

O feixe de luz é disparado várias vezes em uma área maior e com menos energia.

Todos os tipos de pele podem receber este tratamento, mas exige mais sessões para atingir todas as fases de crescimento dos pelos.

Laser de Diodo

Mais avançado e seguro que o Alexandrite. Penetra mais profundamente no folículo do pelo e pode ser usado também em peles morenas e negras.

O Laser de Diodo é a tecnologia mais recente e inovadora para a depilação a laser no mundo.

Talvez você já tenha visto por aí a chamada fotodepilação.

Então, segue uma alerta: depilação a laser e fotodepilação são tratamentos diferentes e, especialmente, com resultados diferentes.

Uma das principais diferenças é que a fotodepilação não pode ser considerada definitiva.

Quer entender melhor esses detalhes da fotodepilação? Olha aqui no blog: Fotodepilação Ou Depilação A Laser de Diodo: Comparação Completa

E tem mais, a depilação a laser tinha a fama de doer quando os tratamentos ganharam adeptos lá nos anos 90.

Mas, deixa que a gente conta a verdade da depilação a laser hoje.

A depilação a laser na virilha dói?

Outra característica do laser de diodo é o resfriamento da ponteira em contato com a região.

Tem a função de realizar uma super camada de proteção e deixar o processo de depilação praticamente indolor.

Outros tipos de laser possuem resfriamento por agentes externos, como o criogênio.

O que pode deixar a pele mais suscetível à desidratação e queimaduras.

Viu como detalhes de cada laser podem influenciar muito a experiência no momento da depilação e ainda ser decisivo quanto à eficiência?

Quer ouvir de um especialista no assunto?

A Laserfast, especializada em depilação a laser de diodo explica:

“Este é atualmente um dos métodos mais eficazes para eliminar os pelos de forma definitiva e sem dor”.

Este resfriamento

O Laser de Diodo é inovador não só porque foi desenvolvido com laser em fibra ótica, mas especialmente pelo seu sistema de arrefecimento. 

Que nada mais é do que o resfriamento da ponteira onde o laser é disparado.

Esse resfriamento é conduzido por um material nobre e revestido em safira que age como uma camada de proteção da pele. 

A experiência que antes era dolorosa, hoje, com esse tipo de laser de diodo, é praticamente inexistente. 


A depilação a laser funciona para pelo grosso e encravado?

Tem um fato bastante curioso sobre a depilação a laser:

Muitas pessoas, por desconhecerem o procedimento, acham que por ter pelos grossos e bem escuros é praticamente impossível a depilação a laser eliminá-los 100%.

Mas é exatamente aí que a mágica acontece!

Sabia que quanto mais grosso e mais escuro mais eficiente é a depilação a laser?

Pelos grossos e escuros apresentam um resultado muito satisfatório já nas primeiras sessões.

E os pelos grossos também são os que mais costumam encravar na virilha.

Já em pelos brancos ou claros, pode ser necessário um número maior de sessões.

Ou até mesmo da avaliação do profissional sobre a viabilidade do procedimento.

Aliás, o pelo demora pra cair em torno de 10 dias após a sessão.

Olha aqui o conteúdo explicando isso: Depilação A Laser: Quanto Tempo Demora Cair Os Pelos? + 10 Curiosidades

A depilação a laser de diodo da Laserfast é definitiva

depilação a laser para pelo encravado

Não é atoa que o laser de diodo é inovador, ele é o único que pode garantir a depilação 100% definitiva.

E a Laserfast garante:

“O método age progressivamente em até 10 sessões que garante a remoção definitiva dos pelos sem o risco de ficar com a pele manchada.”

A especialista explica que os pelos só são destruídos em sua fase de crescimento e nem todos os pelos estão crescendo ao mesmo tempo.

A cada sessão de laser é possível atingir uma quantidade de pelos.

Até que todos eles tenham sido eliminados pelo procedimento.

O que confunde muito é que na primeira sessão com laser os resultados já são surpreendentes e a maioria dos pelos já param de crescer.

Ficou pensando que resolver definitivamente o pelo encravado na virilha deve custar caro?

Então vamos fechar nossa conversa com chave de ouro.

Quanto custa a depilação a laser na virilha?

Não fique aí pensando que acabar com o pelo encravado na virilha é impossível por que você não pode pagar pela depilação definitiva a laser.

O mais recomendado pra começar bem o seu tratamento é procurar uma clínica especializada em depilação a laser.

Como procurar? Ajudamos com alguns critérios aqui.

E sempre com equipamentos reconhecidos pela Anvisa.

Agora, se você é do time da cera quente e  do pelo encravado, quer colocar na ponta do lápis? Anota aí!

pelo encravado na virilha preço da da depilação a laser

Pensa em uma mulher de 35 anos…

Essa mulher depila com cera desde os 18 anos. São exatamente 204 meses.

Se colocarmos uma média generosa de R$ 50,00 mensal para depilar axilas e virilha completa apenas, quer dizer que ela já gastou mais de R$ 10,000 com depilação!

Quer inverter a conta? Pense daqui 10 anos, quanto você vai ter gastado com depilação hein?

Se você decidir ficar sem pelos na virilha pra sempre, a Laser Fast oferece a avaliação e facilita seu pagamento.

Pra fechar a conta, não vamos embora sem te contar a média de preço da depilação a laser, né?

Mas, pra contar, rende um artigo completo.

Afinal, tem preço pra buço, pernas, virilha, etc.

Tá aqui no blog: Depilação Definitiva Preço: A Comparação De Valor Que Ninguém Faz

E se quiser testar antes, só conferir a unidade mais próxima de você e pegar seu voucher aqui no final do artigo de 3 sessões grátis nas axilas!

cta ganhe-3-sessoes-depilacao-laser-fast


Avalie o artigo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo