Porque você não deve fazer depilação a cera

Escrito por: hugo.dias@g10x.com.br

Avalie o artigo

Além de dor, depilação a cera pode causar danos à pele 

Uma das modalidades de depilação que é mais conhecida e procurada é a que usa cera quente ou fria para a extração dos pelos. 

O custo relativamente baixo e a possibilidade de se fazer a depilação até em casa atrai interessados em ter uma pele lisa e livre de pelos. 

Mas, o que parece ser a mais prática das soluções também traz uma série de riscos e desvantagens que podem causar problemas à pele. 

Portanto, quem pensa em fazer depilação deve tomar alguns cuidados e não deixar se levar apenas pelos preços atrativos que se encontra no mercado. 

Apesar de ser um método considerado eficaz, a depilação a cera apresenta seus “efeitos colaterais”, que explicaremos a seguir. 

Desconfortos são comuns ao se depilar com cera 

Independentemente se a cera utilizada seja quente ou fria, a pessoa que optar por esse procedimento pode se preparar para sentir bastante dor. 

A modalidade consiste em aplicar cera sobre a área onde estão os pelos e puxar, arrancando completamente os fios, desde a raiz. 

A cera aquecida tem a função de dilatar os poros. A ideia é tornar o processo um pouco menos doloroso. 

Já a cera fria é usada em temperatura ambiente. Os poros permanecem fechados e a sensação de dor é ainda mais aguda. 

Além da dor no momento da depilação, é possível que depois de feito o procedimento a pele apresente irritação, coceira e surjam pelos encravados. 

Depilação a cera pode deixar a pele manchada e escura

O processo de arranque dos pelos pode desgrudar a pele, fazendo com que a camada superficial também saia junto com os pelos. 

Esse problema pode causar o escurecimento e o surgimento de manchas na pele que passou pela depilação. 

Outra questão é a possibilidade de os pelos encravarem devido à alta sensibilidade gerada na região depilada.  

Processo deve ser repetido a cada 30 dias 

Cerca de 15 dias depois da depilação os pelos começam o processo de regeneração e o procedimento só poderá voltar a ser feito depois de um mês. 

Nesse período os pelos voltam a crescer e o prazo de 30 dias é indicado para que outra depilação seja feita, devido ao tamanho dos fios. 

Além disso, o prazo é o mais seguro para que, no caso da cera quente, a pele não sofra queimaduras, irritações e ferimentos. 

Ou seja, quem quiser manter a pele lisa usando a depilação a cera vai ter que passar mensalmente pelo doloroso processo de extração. 

Depilação a laser traz conforto, eficácia e durabilidade 

Diante de alguns problemas ligados à depilação a cera, podemos então atestar que o uso de laser é muito mais vantajoso. 

O problema da dor, que é infinitamente menor do que quando se depila com cera, varia de acordo com a sensibilidade de cada pessoa. 

A satisfação com os resultados é maior, já que os pelos demoram muitos meses para voltar a crescer, mantendo a pele lisa por meses. 

Essas e outras vantagens do procedimento podem ser encontradas em uma unidade Laser Fast, bem perto de você. 

O momento é de aproveitar os cupons Laser Fast, que garantem três sessões totalmente grátis de tratamento. 

Os equipamentos e os profissionais que a Laser Fast oferecem vão garantir resultados satisfatórios já a partir da primeira sessão. 

https://blog.laserfast.com.br/ganhe-sessoes-de-depilacao-a-laser/#utm_source=blog&utm_medium=artigo-depilacao-a-laser-londrina&utm_campaign=leads-blog


Avalie o artigo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo